November 08, 2016

GUIA DO SAN FRANCISCO BALLET: O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA IR A UMA APRESENTAÇÃO

Viajar para São Francisco é sempre uma delícia, e um programa imperdível é assistir a uma apresentação do San Francisco Ballet. A temporada de repertório vai de janeiro a maio. A apresentação anual do Quebra-Nozes, em dezembro, também é uma tradição de Natal. Veja aqui algumas dicas e informações essenciais para você planejar com antecedência e aproveitar melhor a visita.

História do San Francisco Ballet

O balé profissional chegou a São Francisco em 1933, com o San Francisco Opera Ballet, de forma que esta é a companhia de balé mais antiga dos Estados Unidos. No começo, o San Francisco Ballet treinava bailarinos para as produções de ópera. A companhia separou-se da ópera em 1942 e começou as primeiras produções completas de balés, como o Lago dos Cisnes e o Quebra-Nozes, feitas nos EUA.

Os 75 anos que se seguiram assistiram ao crescimento e amadurecimento do San Francisco Ballet, dirigido por grandes mestres, como os irmãos Christensen (William, Lew e Harold), Michael Smuin e Helgi Tomasson. Premiada reiteradamente ao longo desses anos, a companhia recebeu o Emmy pelo figurino de A Tempestade, em 1981, e o Laurence Olivier Award pela temporada de 2004 no Sadler’s Wells Theatre. 

As turnês já levaram a trupe a apresentações em todo o país, além de turnês pela Europa e Ásia. Os amantes da arte consideram o SF Ballet um tesouro nacional.

A casa do San Francisco Ballet

A bela Beaux Arts War Memorial Opera House é a casa da San Francisco Opera e do San Francisco Ballet desde sua abertura, em 1932. Hoje, a Opera House retém aquele charme e glamour do Velho Mundo. O espetacular foyer principal é todo ornamentado e exibe um pé-direito de 9 metros. A área de apresentações foi reformada em 1989 e equipada com a mais moderna tecnologia, além de 3200 assentos de veludo, acesso ampliado para deficientes e bares para os intervalos.

Dicas dos frequentadores

Aproveite mais ainda seu passeio no San Francisco Ballet com estas dicas de quem já conhece o lugar.

Consiga os melhores lugares

Você pode escolher ótimos lugares comprando online ou conversando com um vendedor. Os frequentadores recomendam assentos nas seções Grand Tier ou na orquestra, especialmente em frente à orquestra. O site do San Francisco Ballet tem mapas dos assentos com imagens da vista do palco de todas as seções, o que facilita a sua escolha.

Vá ao jantar de gala da noite de abertura

Se você estiver em São Francisco no começo da temporada de repertório, em janeiro, por que não comprar entradas para a noite de gala da abertura? Dependendo do ingresso escolhido, você pode ganhar estacionamento com manobrista, coquetel na recepção, lugares especiais no jantar, lugares especiais durante a apresentação, after party e um convite a uma festa exclusiva antes do jantar.

Como circular pela Opera House 

Outras dicas para facilitar a chegada e a circulação pelo lugar:

  • Alugue binóculos na chapelaria.
  • Peça para um porteiro reservar um táxi para depois da apresentação.
  • Lugares, toaletes e aparelhos de áudio acessíveis também estão disponíveis. Solicite, se precisar.

O que vestir 

Você vai encontrar pessoas vestidas nos mais variados graus de (in)formalidade. Se quiser apostar no mais seguro para não se sentir desconfortável, vá de camisa simples de botão e calça social, se for homem; saia ou vestido na altura dos joelhos, se for mulher.

Entradas

É fácil comprar pelos formulários online ou pelo telefone. As entradas podem ser entregues no seu endereço, ou você pode retirá-las antes da apresentação, na bilheteria do foyer da Opera House. A bilheteria só abre nos dias de apresentação. Comprar entradas para o balé.

Jantar antes ou depois do balé 

Sua noite pode ser ainda mais inesquecível se houver um jantar, antes ou depois da apresentação, em algum destes ótimos restaurantes próximos ao War Memorial and Performing Arts Center.

Jardiniere (300 Grove St.)

Para comer bem e ficar perto do teatro, o Jardiniere é a melhor opção: fica bem em frente ao War Memorial and Performing Arts Center. O Jardiniere é propriedade da chef Traci Des Jardins, que oferece pratos da culinária francesa moderna com um toque de São Francisco. Para os frequentadores do teatro, o restaurante oferece um menu de degustação com vários pratos e refeições pré-apresentação, além de jantares românticos e uma área para coquetéis. www.jardiniere.com

YamaSho Japanese Restaurant (1161 Post St.)

Os amantes da culinária japonesa não vão encontrar nada mais autêntico do que o YamaSho. São deliciosas opções de sushi, yakimono, agemono e gohanmono, que podem ser seguidas por karaokê em uma das 10 salas disponíveis. www.yamasho-sf.com

Absinthe Brasserie and Bar (398 Hayes St.)

A uma caminhada curta do teatro, é um restaurante reconhecido que oferece pratos franceses e do norte da Itália com um toque americano, em um ambiente de brasserie. Não perca os drinques criativos – e, sim, alguns com absinto! – para relaxar depois do balé. www.absinthe.com

White Chapel (600 Polk St.)

Para beber e comer em um ambiente de pub, confira o Whitechapel. A especialidade da casa é o gim, oferecido na maior coleção da América do Norte, trabalhada em drinques incríveis. www.whitechapelsf.com

Seja para assistir a uma matinê, seja a um programa completo de abertura com direito a jantar de gala, ir ao balé é uma experiência incomparável. O San Francisco Ballet é um dos melhores do mundo, e você sairá de lá com lembranças para toda a vida.